terça-feira, 20 de dezembro de 2016

COMO A PINTURA NOS MOTIVA À AÇÃO?

Coloquei este título porque ao apreciar uma obra de arte,, na mesma hora me remeteu a ideia de escrever para vocês. Há alguns dias, tive a oportunidade de assistir a uma análise da pintura de Pablo Picasso: Guernica.

À primeira vista, é chocante: corpos mutilados, cena apocalíptica. À medida que ouvia a explicação, a pintura me remetia à interiorização, ao íntimo, à luta, aos sentidos mais profundos.
Alguns podem até pensar que se trata apenas de uma tela. Mas, digo a vocês: toda pintura transpõe o tempo. Há sensibilidade, poder, sentimento, força de expressão. Toda pintura tem a força de uma pedra.
A arte nos motiva, nos inspira, nos lembra os nossos mais verdadeiros e profundos desejos do coração. Passamos a analisar o nosso eu mais profundo; buscamos força interior, o amor, a sabedoria que se encontram, algumas vezes, latentes em nós. Com isso, nos tornamos mais receptivos e alegres com as coisas rotineiras, vivendo como em um "jardim de alegrias".

Saibamos, caros amigos leitores, que podemos extrair de nós toda a riqueza da motivação através da arte, da meditação, da espiritualidade, da música, do trabalho, pois ela reside em nós, por meio dos nossos sonhos, desejos sinceros, convicções e princípios que nos regem e nos fazem pessoas dignas e confiantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário