quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

ADEUS ÀS ILUSÕES!


É preciso superar (e urgente!) as amarras e ilusões dia e noite, nos limitando e impedindo de ver claramente todo situação. Vencer esses “inimigos” nos fará desenvolver maior grau de equilíbrio emocional, buscar pontos de autossabotagem nos diferentes aspectos de nossa vida. Só assim, poderemos dirigir nossa vida e lutar pelas “freadas” que damos para realizar nossos sonhos. Por vezes, precisamos desacelerar para alcançar aonde queremos verdadeiramente chegar. 
Nossa sobrevivência depende do adeus às ilusões, da coragem para iniciarmos as despedidas necessárias, tendo a consciência de que as infinitas possibilidades que se descortinarão a partir de então compensarão as perdas pelo caminho. Ninguém é obrigado a aceitar com resignação e conformismo aquilo que pode - e deve - mudar. Todos, afinal, temos o direito de viver e de respirar com alívio, com a certeza de que o que deixamos para trás ficou exatamente onde deveria: lá atrás, bem distante, não tendo mais poder algum sobre nossas vidas e nossa busca pela felicidade.

2 comentários:

  1. Isto tem a ver com maturidade e autoconhecimento.

    ResponderExcluir
  2. Sim! É necessário ter maturidade para não entrar em um estado de "ilusão, torpor", afastando-se da realidade é não se comprometer com a própria , própria felicidade.

    ResponderExcluir