quarta-feira, 16 de novembro de 2016

A CALÚNIA E A DIFAMAÇÃO DESTROEM O ESPÍRITO E MOTIVAÇÃO.


Já perceberam o quão inconvenientes são as pessoas fofoqueiras? Não escrevo somente sobre fatos isolados, mas sim, sobre pessoas que estão continuamente (sem trégua!) falando dos outros. Se ao menos elas cansassem...

Mas não! Dia e noite falando pelos cantos (sim, os fofoqueiros só falam escondidos, pelas costas), procurando intrigas, difamação, caluniando sem sentido algum. Se, ao menos, ficassem ricos ou com alguns quilos a menos... Infelizmente, nem um fio de cabelo a mais ganham; absolutamente nada!

A inveja, fofoca, calúnia, difamação (e outros sinônimos nefastos) só “empobrecem” quem faz; de quem falam, não acontece absolutamente nada (ainda bem!). Costumo comparar o invejoso como alguém que bebe um veneno e espera que o outro morra... Burrice! Este tipo de pessoa só pode ser classificada como infeliz... A vida é tão boa e proveitosa, tão cheia de coisas a serem feitas, que é um verdadeiro desperdício de tempo e de saúde ocupar-se da vida alheia. Ainda mais para ser negativo em relação ao outro! Precisamos ter cuidado com este tipo de gente para não nos deixar minar por elas, pois é isto que mais desejam...

Não se importe com o que as pessoas pensam de você; não ocupe seu preciosos tempo em saber o que pensam com relação a você. Não se preocupe em atender as expectativas do outro. Felizmente, elas representam a minoria! Você é livre; é filho de Deus e, como filho Dele, tem o direito è felicidade e à liberdade interior.

Não ocupe sua mente com pensamentos vãos. Não entristeça o espírito com ações negativas que passam pela sua cabeça. Seu coração e muito menos seu espírito merecem influências “sombrias” de outrem. Siga em frente, sempre, com os olhos no horizonte, fronte erguida, mirando em tudo de belo, com esperança, força, prudência, determinação. Este caminho do bem te levará, sem dúvida alguma, ao sucesso garantido!

Nenhum comentário:

Postar um comentário