quarta-feira, 12 de outubro de 2016

UMA PALAVRA DA MÃE APARECIDA


Hoje é feriado nacional: dia de Nossa Senhora Aparecida. Para muitos brasileiros, é dia santo e os fiéis ocupam, de hora em hora, os bancos das igrejas para homenagear a mãe de todos nós: Maria.

As mães - vivas ou falecidas - representam o pilar de nossas vidas. Elas nos carregaram em seus ventres, nos alimentaram durante a gestação com o próprio sangue com nutrientes para o crescimento e formação do nosso corpo. Mãe é singular, não é mesmo? Elas nos consideram crianças por toda a vida, não tem jeito. Sorriem quando estamos alegres; choram quando estamos tristes; se indignam com as injustiças; preocupam-se quando estamos aflitos; sofrem com nossas dores.

Para as mães vivas, rendo-lhes homenagem, desejando-lhes felicidades e toda a benção da Mãe de todos nós - Maria -, sob o título de Senhora Aparecida.

Para as mães falecidas (especialmente para a minha): rezem por nós. é difícil a dor da separação quando perdemos aquela que nos trouxe à vida na terra. Mas nos consolamos em saber que, aonde estiverem (creio eu que no céu!), elas intercedem por nós.

Peço a Mãe Maria que conserve nossas mamães debaixo do seu manto divino!

Nenhum comentário:

Postar um comentário