quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

"SÓ SEI QUE NADA SEI" (Sócrates)

Essa é uma regra básica: reconhecer-se limitado. Não somos donos do mundo, não temos o controle sobre tudo na vida. Somos humanos e não andróides. Temos qualidades e defeitos, virtudes e vícios, momentos intempestivos e de calmaria, períodos de "alto astral" e de "fundo do poço".
Amigos, não é cavando sem parar, procurando uma solução que vocês sairão dos seus problemas e dilemas. Não! Continuar m uma "teimosia" de achar que tem resposta para tudo, que "sabe tudo", que tem as coisas e pessoas sob controle, só estará afundando cada vez mais na desilusão, no fingimento, na depressã, no autoengano.
Ter consciência que a vida é um aprendizado constante, uma "aventura" cheia de motivaçãoem desvendar o desconhecido, de participar ativamente desde o "zero" para conquistar resultados é inexplicavelmente maravilhoso! Essa característica é ser humilde; ter plena convicção das limitações e, ao mesmo tempo, coragem para romper barreiras, quebrar paradigmas, a fim de alcançar a plenitude da vida. E para alcançá-la, precisamos saber que cada dia é uma vida inteira de conhecimento, de busca, de amor, de paz, de motivação, de melhoria, de felicidade, de compartilhamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário