quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

COM MOTIVAÇÃO, CONSEGUIMOS SUPERAR OS "MONSTROS INTERNOS"

É preciso superar (e urgente!) os “monstros” internos, que rugem dia e noite, nos limitando e impedindo de ver claramente todo situação. Vencer esses “inimigos” nos fará transpor preconceitos, romper amarras e desenvolver maior grau de equilíbrio emocional, buscar pontos de autossabotagem nos diferentes aspectos de nossa vida. Só assim, poderemos dirigir nossa vida e lutar pelas “freadas” que damos para realizar nossos sonhos. Por vezes, precisamos desacelerar para alcançar aonde queremos verdadeiramente chegar. Para tanto, é imperativo vencer os “monstros” internos (autossabotagem, sentimentos limitadores, incoerências, promessas não cumpridas, ilusões, dentre outros). Vamos analisar cada um destes aspectos.
I. Autossabotagem: é quando tendemos a repetir comportamentos em ciclos, que nos prejudicam, porém sem nos darmos conta disto. A autossabotagem pode se apresentar como: dispersão; falta de foco; autoengano; procrastinação. A pergunta que faço é: como reconhecer e, consequentemente, “quebrar” este ciclo de repetição de comportamentos autodestrutivos?
Amigos, é necessário parar por uns instantes e, pouco a pouco, com disciplina e força de vontade, descobrir a origem destes conflitos internos, entender as razões que os regem, tonar consciente o que está obscuro e perceber tudo o que acontece consigo e com o mundo que o cerca.

3 comentários:

  1. Sim tudo isto faz referência a uma reflexão constante de nossas atitudes que tem que estar de acordo com o que queremos.
    Até mais e ao próximo texto.

    ResponderExcluir
  2. Tudo o que dizemos e fazemos têm que estar coerente com nossos valores. É imperioso superar os medos, transpor inseguranças e, com isso, vencer os traumas e viver uma vida plenamente equilibrada e FELIZ!

    ResponderExcluir
  3. Tudo o que dizemos e fazemos têm que estar coerente com nossos valores. É imperioso superar os medos, transpor inseguranças e, com isso, vencer os traumas e viver uma vida plenamente equilibrada e FELIZ!

    ResponderExcluir